Compartilhar

alimentos-não-saudáveis, alimentos-prejudiciais

Devido à correria do cotidiano, muitas vezes é mais fácil optar por uma refeição pronta e rápida, como fast foods, lanches industrializados ou alimentos que dão uma explosão de energia por conta do açúcar. O horário de almoço passa rápido, o intervalo entre o estágio e a faculdade é curto, é mais prático para preparar... Há centenas de razões para se desviar das refeições completas ou lanches que trazem benefícios para o corpo.

Muitos não conhecem ou não tem total consciência dos efeitos prejudiciais de alimentos não saudáveis no organismo. Pode ser que você não os sinta imediatamente, mas os problemas começarão a aparecer com a passagem dos anos. 

Por que alimentos não saudáveis são tão prejudiciais? 

Quando alimentos industrializados são consumidos em excesso, os químicos adicionados para fazê-los propícios para a comercialização também são consumidos pelo organismo. 

Alguns deles são: corantes (colorem o alimento), aromatizantes (deixam um cheiro gostoso), conservantes (preveni a deterioração), emulsificantes (melhoram a textura), edulcorantes (adoçantes artificiais), entre outros.

Estes aditivos causam diversas doenças se ingeridos com frequência. Pare e pense em seus hábitos alimentares. Você está ingerindo a quantidade correta de alimentos frescos e saudáveis? Ou está deixando os alimentos industrializados tomarem o controle devido à falta de tempo ou ao gosto mais agradável?

Você não precisa necessariamente deixar de comer aquele lanche gostoso no fim de semana. Tenha em mente, porém, que o excesso é prejudicial para a saúde. Neste artigo, você confere quais alimentos não saudáveis você deve evitar para ter uma vida saudável e mais disposição para enfrentar os desafios do dia a dia.

alimentos-não-saudáveis, alimentos-prejudiciais

Frituras

Batata frita, bacon, petiscos, coxinha, pastel, hambúrguer... Todos são lanches bem populares entre os brasileiros. O consumo em excesso desses alimentos causa doenças cardiovasculares devido ao bloqueio das artérias. Isso acontece porque o óleo utilizado para fritá-los se transforma em gordura quando elevado a altas temperaturas. Outros problemas são elevação da pressão arterial e do colesterol, aumento da probabilidade de desenvolver câncer e ganho de peso.

Alimentos que contém gordura trans

A gordura trans está presente em muitos alimentos não saudáveis consumidos quase todos os dias. Sorvete, bolo, biscoito, pipoca de micro-ondas, chocolate, macarrão instantâneo, salgadinhos, e a lista continua. A gordura trans é desenvolvida industrialmente, passando por um processo que transforma óleos vegetais em gordura sólida. Ela é adicionada aos alimentos para melhorar a consistência deles e alongar o prazo de validade. 

Bem como as frituras, a gordura trans leva ao entupimento de artérias, aumento do colesterol ruim e redução do colesterol bom. Segundo orientações da Anvisa, é recomendado consumir o mínimo possível desta gordura. Para evitá-la, estude com atenção os rótulos dos alimentos para identificar quais são livres de gordura trans. 

alimentos-não-saudáveis, alimentos-prejudiciais

Salsicha

A salsicha costuma ser forte aliada de pratos fáceis e rápidos. Além do cachorro-quente, você pode comê-las no macarrão, na lasanha e até mesmo apenas misturar ao arroz e feijão para um almoço prático. Mas a salsicha não oferece benefícios para a saúde e deve ser evitada. 

A salsicha é composta por sobras de diversos tipos de carne vermelha. Após o processamento, são adicionados aditivos químicos, como conservantes, aromatizantes e nitratos para deixá-la atraente para comercialização. Ou seja, a salsicha é completamente artificial. 

Esta mistura de aditivos pode sobrecarregar o fígado, levar a obesidade e aumenta o risco de câncer, segundo um estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS). Na verdade, todas as carnes processadas (bacon, linguiça e presunto), apesar do gosto bom, devem ser evitadas. 

Açúcar

Presente em muitos alimentos e bebidas, o açúcar em excesso pode causar diversos problemas. É recomendado que apenas 10% das calorias consumidas diariamente tenham açúcar. Por conta de tantas opções de doces, guloseimas e lanches, onde ele está “oculto”, fica difícil fugir dele. 

Quando se consome muito açúcar, o pâncreas precisa trabalhar mais para produzir insulina. Com o tempo, este órgão ficará sobrecarregado e deixará de exercer a sua função como deveria, auxiliando o desenvolvimento de diabetes tipo 2. Outro cenário é o acúmulo de gordura no fígado devido à incapacidade do corpo de gastar todo o açúcar ingerido. 

Você pode melhorar a sua qualidade vida ao substituir o açúcar por alternativas menos prejudiciais, como adoçantes à base de stévia, açúcar mascavo, açúcar orgânico e mel. Evite também o consumo exagerado de iogurte, ketchup, granola, cereal, suco de caixinha e barras de cereais. 

 alimentos-não-saudáveis, alimentos-prejudiciais

Pão branco

O pão branco compõe a mesa de café da manhã de muitas pessoas. Pode ser difícil deixar de comer um alimento que faz parte da rotina, mas diminuir o consumo traz muitos benefícios. Quando os amidos presentes no pão branco são quebrados, se transformam em glicose. O nível de açúcar é, então, elevado. Como já se sabe, o açúcar apresenta diversos riscos à saúde. 

Procure substituí-lo pelo pão integral. Este é feito com farinha de trigo integral e contém muitos nutrientes, além de fibras que trazem sensação de saciedade e regulam o intestino. No pão branco, todas as substâncias benéficas são retiradas, restando apenas calorias. Por isso, também causa sobrepeso.

Mas tome cuidado na hora da compra. Há pães considerados “integrais” que também apresentam elevadas quantidades de farinha branca. Novamente, ressaltamos a importância de ler os rótulos. 

Margarina

A margarina é, como a salsicha, altamente processada. Na sua composição, são adicionados óleos vegetais hidrogenados para torná-la mais sólida, elevando a quantidade de gordura trans. Ela é produzida artificialmente para se parecer com a manteiga. No passado, servia como um substituto e ainda há discussões sobre as mazelas da margarina. Hoje já se sabe que ela é rica em gordura trans e óleos poli-insaturados que contribuem para desenvolvimento de doenças.

Já que os problemas de saúde demoram a aparecer, a tendência é esquecer e continuar consumindo esses alimentos. Não se engane! Consumir alimentos prejudiciais em excesso trará consequências negativas. A sua saúde é muito importante, portanto, se alimente com consciência. 

Conte para nós a sua experiência com estes alimentos nos comentários! Você também pode conferir outros conteúdos legais para ajudá-lo a ter um estilo de vida saudável e com qualidade de vida. 

Compartilhe:

Perguntas e respostas

Sua Pergunta

Recomendamos para você