Compartilhar

É praticamente impossível você ter redes sociais e não seguir nenhuma pessoa que posta vídeos de seus treinos, fotos, e sempre diz o quanto ama fazer Crossfit.  E não é por menos, os resultados começam a aparecer rápido, chama a atenção e todo mundo que entra nesse “mundo” parece amar. 

Qual a diferença do Crossfit para outras modalidades?

O Crossfit mistura ginástica olímpica, atletismo e treino militar. Ele trabalha diversos aspectos do condicionamento físico e tem um alto gasto calórico. Por isso o resultado “rápido” que é uma das principais propagandas desse modelo. 

O Crossfit busca aumentar a força, resistência e a excelência do condicionamento físico, com o objetivo de melhorar as habilidades físicas. Grande parte dos exercícios, mesmo os que existem em comum com o treinamento funcional, são realizados com alta intensidade. 

Diferente do treinamento funcional, por exemplo, o Crossfit usa pesos e halteres em intensidade elevada. O objetivo principal da modalidade é a excelência e precisão durante os exercícios (por isso a quantidade elevada de repetições) e não somente a perda de peso e tonificação dos músculos. Isso acaba sendo consequência. 

Tem muita competição de Crossfit pelo Brasil, onde essa precisão é um dos principais critérios avaliados. 

Se você gosta de treinos de alta intensidade, ou funcional, ou menos se interessou pelos “rápidos” resultados que muita gente posta por aí e quer dar uma chance ao Crossfit. Então, como começar? 

 crossfit, barra, box

Dicas indispensáveis para ser um Crossfiteiro

Consulte um médico antes

Antes de qualquer prática de atividade física é preciso consultar seu médico e realizar um check-up, para saber se está tudo bem com a sua saúde. O Crossfit, como já dissemos, é uma modalidade de alta intensidade que vai exigir muito do seu corpo, e por isso a atenção deve ser redobrada. 

Por ter muito exercício de repetição, se não for executado de forma correta e com supervisão de um profissional, pode causar problemas na musculatura, juntas, entre outros. Por isso é essencial fazer um check-up e procurar profissionais sérios!

Comece devagar

Não tente fazer logo de início os movimentos mais complexos, nem levantar cargas muito pesadas, querer já mostrar para todo mundo que você está levantando grandes pesos. Comece aos poucos para preparar seu corpo e conhecer seus limites. 

É preciso ter paciência, pois seu corpo estará se adaptando. É recomendado que para a cada 3 dias de treino, 1 dia precisa ser de descanso.  Mesmo após o término do treino haverá impactos por 24, 48 ou até 72 horas no corpo, as famosas “dores pós-treino”, por isso é superimportante se recuperar bem!

  treino pneus, crossfit, limite

Preste atenção no professor

O crossfit para iniciantes começa com três aulas fundamentais, com até três alunos, que servem para avaliar e ensinar os movimentos de base das aulas coletivas. 

É nesse período que os professores identificam qual a restrição de atividade e dificuldades que o aluno pode ter, além de dar dicas do que precisa melhorar para cada exercício. O aluno fica por dentro do que precisar aprimorar, além de identificar quais seus limites.  

Depois, as aulas passam a ser em grupo. Elas são divididas em três etapas: o aquecimento e alongamento dinâmico; os exercícios técnicos; e a terceira e última, o WOD (Work Out of the Day), é a aplicação de todos os exercícios funcionais em alta intensidade.

Atenção no conjunto

O gasto calórico médico de uma aula de Crossfit é de 300 calorias. Mas, para quem já quer correr pro fast-food depois da aula, é melhor pensar bem! 

Assim como qualquer academia, para obter os melhores resultados você precisa reeducar a sua alimentação. Não tem outro jeito. 

É fundamental ter uma alimentação balanceada e saudável, até porque, você precisa de força e nutrientes adequados para aguentar o ritmo. 

Tire suas dúvidas. Sempre

Nem sempre conseguimos aprender tudo numa aula só. E nem sempre os professores conseguem ver todos realizando o movimento com total e absoluta atenção. Não tenha medo ou vergonha de perguntar ou tirar suas dúvidas. 

Além disso, há excelentes sites que com diferentes técnicas que podem te ajudar a superar aquela dificuldade. Se informe, procure e peça ajuda. Mas não fique parado nem corra o risco de estar fazendo algum exercício da maneira errada.

 peso, treino, crossfit

Com uma média de dois a três treinos por semana, a adaptação de um aluno iniciante costuma durar cerca de um mês. 

Nesse período o corpo consegue se adaptar aos exercícios, dinâmica de aula, e também se cria o hábito no seu organismo para a prática de exercícios. Logo depois desse período, já é possível perceber uma melhora na resistência, força, condicionamento físico e cardiovascular. 

A partir de então, já é possível aumentar a quantidade de treinos por semana e a intensidade, além de criar uma alimentação pensada na atividade física, se for interessante. 

Outro ponto positivo, não é só o resultado para o corpo físico: além dos exercícios trazerem benefícios para a saúde mental e emocional, o Crossfit é conhecido por suas “comunidades”, pela união dos integrantes de cada academia. 

Isso porque muita gente se torna grandes amigos dentro dos Box. A sensação de estar no seu limite, e descobrir que ainda tem margem para mais dois ou três passos junto à torcida e incentivo dos companheiros também ajudam a criar e fortalecer cada vez mais esse “vício”. 

Por fim, seja paciente.  Tenha calma para alcançar seus objetivos.   Enquanto isso aproveite o processo. Curta o aprendizado e o percurso.  Você pode não se adaptar ao Crossfit e preferir voltar para a academia regular, ou acabar se apaixonando e virar mais um crossfiteiro. 

O importante é saber é que é um lugar que pode fazer bem para você, não só para o corpo, mas também pra alma. Então, para quem não quer mais ficar parado, pode valer super a pena! 

Compartilhe:

Perguntas e respostas

Sua Pergunta

Recomendamos para você